Ícone do site ChatGPT Brasil

OpenAI e Microsoft

O universo da inteligência artificial (IA) está em constante evolução, e um dos principais motores dessa transformação é a parceria estratégica entre a OpenAI e a Microsoft. Essa aliança de longo prazo foi anunciada recentemente como a terceira fase de uma colaboração que já inclui investimentos anteriores em 2019 e 2021. Com um novo aporte financeiro multibilionário de múltiplos anos, o objetivo é acelerar as descobertas em IA e garantir que seus benefícios sejam compartilhados amplamente com o mundo.

No centro dessa parceria está a construção e implantação de sistemas de supercomputação especializados, uma iniciativa que a Microsoft tem priorizado para impulsionar a pesquisa independente da OpenAI. Os resultados dessa colaboração são notáveis: desde a primeira construção de um supercomputador top-5 em 2020 até o desenvolvimento de múltiplos sistemas de IA em larga escala. Essa infraestrutura avançada é o palco onde a OpenAI treina seus modelos revolucionários, que agora estão sendo incorporados no Azure para potencializar produtos de IA definidores de categoria como GitHub Copilot, DALL·E 2 e ChatGPT.


Além dos avanços tecnológicos, a parceria se destaca pelas novas experiências habilitadas por IA que estão sendo integradas em produtos voltados para consumidores e empresas da Microsoft. Um exemplo é o Azure OpenAI Service, que oferece aos desenvolvedores acesso direto aos modelos da OpenAI suportados pela infraestrutura e ferramentas otimizadas para IA do Azure. Estamos falando de uma mudança de paradigma, onde a IA se torna uma plataforma de tecnologia generalista com o potencial de criar um impacto transformador no mesmo nível do computador pessoal, da internet, dos dispositivos móveis e da nuvem.

Um aspecto fundamental dessa colaboração é o compromisso compartilhado com a construção de sistemas e produtos de IA confiáveis e seguros. A pesquisa líder da OpenAI sobre Alinhamento de IA e o Padrão de IA Responsável da Microsoft fornecem uma estrutura para o desenvolvimento seguro de tecnologias de IA, tanto para uso próprio quanto para orientar a indústria em direção a resultados mais responsáveis. Interessante observar que, em todo esse cenário, o Azure se posiciona como o provedor exclusivo de nuvem para todas as cargas de trabalho da OpenAI, incluindo pesquisa, produtos e serviços de API. Isso permite que desenvolvedores e organizações de diversas indústrias tenham acesso à melhor infraestrutura, modelos e ferramentas de IA para construir e executar suas aplicações.


Satya Nadella, presidente e CEO da Microsoft, expressou entusiasmo com essa próxima fase da parceria, destacando que é um avanço responsável na pesquisa de IA de ponta e na democratização da IA como uma nova plataforma tecnológica. Sam Altman, CEO da OpenAI, também reiterou a satisfação com os primeiros três anos de parceria e a empolgação em continuar a pesquisa independente e o trabalho em direção à criação de IA avançada que beneficie a todos. Cabe ressaltar que, mesmo com desafios e surpresas ao longo do caminho, como a crise interna da OpenAI que levou à demissão e subsequente recontratação de Altman, a parceria se mantém firme com o foco voltado para o futuro da IA e sua aplicação responsável na sociedade. Com um panorama tão promissor, a parceria entre OpenAI e Microsoft solidifica seu papel de liderança no campo da inteligência artificial, não apenas pelo impulso dado à pesquisa e desenvolvimento, mas também pela capacidade de integrar essas inovações de maneira segura e responsável no mercado global.

Conteúdo gerado pelo GPT-4

“Openai e Microsoft”

⏱ Tempo de criação: 62 segundos

Sair da versão mobile